Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Poesias’ Category

zDIGITALIZAR0001

DESPOJAMENTO

Eliminei o excesso de paisagem

simplifiquei toda a decoração

retirei quadros flores ornamentos

apaguei velas copos guardanapos

e a música

Bani a inutilidade do discurso

Na mesa de madeira

nua

apenas dois pratos brancos

sem talheres

O banquete será tua presença

***

 

Este poema foi originalmente publicado no “Ilustríssima”, do Estado de S. Paulo em 2012 com uma ilustração (no alto, acima) de JÁRED DOMÍCIO, que, traçando somente os pés da mesa e as bordas dos dois pratos, soube captar todo o espírito do poema.

Anúncios

Read Full Post »

JÁ É NATAL

DIGITALIZAR0001-(3a)

A GAVETA DESEJA AOS SEUS AMIGOS E VISITANTES UM NATAL
TRANQUILO E UM ANO NOVO CHEIO DE ESPERANÇAS E BELAS
REALIZAÇÕES. ESTAREMOS, COMO DAS OUTRAS VEZES , EM RECESSO TEMPORÁRIO, MAS A GAVETA CONTINUARÁ SEMPRE ABERTA AOS VISITANTES,
VOLTAREMOS NO DIA 13 DE FEVEREIRO, APÓS O CARNAVAL.

(Este belo cartão de Natal acima foi pintado com a boca por Carlos Fernando Ayala Moreno, membro da associação Pintores com a Boca e os Pés, que congrega artistas deficientes dos membros superiores.
Eles editam todos os anos belos calendários e cartões de Natal.
Ajude-os adquirindo seus produtos:
Rua Tuim, 426 – CEP 04514-101 – São Paulo-SP)
(11) 5053-5100 e fax 5051-0797

***

PRECE AO NEY

 ney 001

Querido irmão, seja onde quer que estejas, no céu, numa galáxia além no espaço, ouve meu pranto, sente meu abraço; quero que me vejas e sintas o vazio em que às vezes me encontro na procura de um sentido para as glórias da vida e seus revezes. Que pena teres desaparecido: é natal e não tenho o teu amparo, os teus votos de feliz aniversário, o teu sorriso claro mesmo ao telefone (algo que me foi sempre necessário). Falta-me a tua voz, o timbre amigo, algo que acione em mim uma esperança, algum empenho que já não trago mais comigo. Mais um natal sem tua voz, mais um natal que não te tenho. Éramos dois, éramos nós. Hoje sou eu, um só que espera, um só que insiste em que ouças minha voz numa outra esfera onde o teu claro espírito resiste.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: