Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \17\UTC 2013

foto1

Os Watsons são uma narrativa deliciosa, aliciante, muito bem realizada, que teria sido sem dúvida igual aos outros romances de Jane Austen, se ela a tivesse simplesmente terminado. Nela, Jane retoma a história preferida de todos nós e dela própria – a história da moça pobre cortejada por um príncipe e que, apesar de todos os obstáculos, acaba por esposá-lo e viver feliz com ele até a morte. No caso presente, a história se complica pelo fato de a heroína, Emma Watson, ser igualmente uma herdeira frustrada em suas esperanças, de ser órfã desde o início da novela, além de recusar abertamente seu príncipe em favor de um partido de condição inferior. É uma situação que oferece mil possibilidades e a heroína promete muito, por ser uma mistura feliz de Elizabeth Bennet (constrangida por uma família vulgar), de Fanny Price (órfã no exílio) e de Emma Woodhouse (herdeira desdenhosa). Tudo teria podido se arranjar de maneira maravilhosa e ficamos nos perguntando porque Jane resolveu abandonar o projeto depois de haver escrito apenas uma meia centena de páginas.

JSL.

Novela começada por volta de 1803-1805

Primeira edição: 1871

 SANDITON

foto2

Sanditon, a última obra de ficção escrita por Jane Austen, tem, sob certas aspectos, diferenças marcantes em relação aos seus livros anteriores. Pode-se facilmente imaginar o que poderia vir a ser Os Watsons, se ela o tivesse terminado, ao passo que Sanditon admite pensar que ela poderia tender a novas direções perfeitamente inesperadas.
A redação desta novela pode ser rastreada com enorme precisão. Jane começou a escrevê-la em janeiro de 1817 e ela própria datou o manuscrito: a última página tem a data de 18 de março de 1817, A autora morreu em julho desse mesmo ano. Havia pelo menos um ano que sofria do mal de Addison, uma afecção na época incurável e desconhecida, com a saúde declinado rapidamente durante o tempo em que escrevia Sanditon. Não é de se admirar, portanto, que os problemas de saúde encontrem tão grande relevância nesta novela – o que pode surpreender é a maneira com que ela trata o assunto.

JSL

Novela iniciada em janeiro-março de 1817

Primeira edição: 1925

SANDITON

O  Prato principal – Novelas Inacabadas – será servido na próxima quinta-feira, dia  25 de abril, às 18:OO, no CCBB

 

Anúncios

Read Full Post »

convite_novelas_inacabadasClique aqui para ver a Imagem Maior

Read Full Post »

Nova ImagemNova Imagem (1)

Em comemoração ao bicentenário de publicação de “Razão e Sentimento”, a Editora Nova Fronteira em 2011 lançou uma nova edição ilustrada, de luxo, capa dura, desse livro para o encanto de todos os leitores e leitoras de Jane Austen. A edição foi tão bela e cuidada, inclusive reproduzindo capas do livro de edições estrangeiras, que passou a ser um item de colecionador para todos os fãs da boa tiazinha de Steventon. Agora, por ocasião do bicentenário de “Orgulho e Preconceito”, o segundo livro de Jane, e que talvez o que mais prestígio literário lhe trouxe, a Nova Fronteira tem uma surpresa para os seus leitores: o lançamento da única obra de Jane ainda inédita em português: “Novelas Inacabadas – Os Watsons e Sanditon”. A publicação acompanha o mesmo requinte editorial da anterior e, por isso, será um item para se guardar ou presentear com carinho aos amigos queridos e pessoas amadas.

O lançamento está previsto para o dia 25 deste mês, às 18:00 no Centro Cultural Banco do Brasil, à rua Primeiro de Março, 66 – Rio. Inicialmente haverá uma mesa-redonda com o tradutor e os apresentadores, que falarão sobre a obra de Jane e responderão a eventuais perguntas dos que comparecerem ao evento, no auditório do 4º andar do CCBB. Em seguida, haverá bate-papo informal e noite de autógrafos na Livraria da Travessa, situada no térreo (pérgola) daquele edifício. Não percam. Venham todos.

Untitled-1

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: